Home | BLOG VOCÊ

A diferença entre necessitar e precisar

necessitar

Para aprender a lidar com o dinheiro é preciso conhecer a diferença entre necessitar e precisar, por isso hoje trago uma reflexão sobre a sociedade do consumo em que vivemos. Onde é mais importante ter do que ser, onde o marketing reina e utiliza de todos os modos para nos captar, e o pior, eles nos captam, tão fácil quanto tirar doce de criança, somos seduzidos pelas vitrines, propagandas e revistas, a todo momento. 

Não adianta tentar fugir. Não há escapatória. “Ah, mas agora não tem outdoor em São Paulo”. Tá não tem outdoor mas ainda tem todas as outras formas de se conectar com nós consumidoras e ainda formas novas como pela Internet. E nessa tentativa interminável de sempre instigar o consumo em nós mortais, somos sugados por aquela intrigante sensação de que “não temos nada”.

É a típica síndrome do celular ou do computador. Parece que assim que você saiu da loja, já está desatualizado, pois já foi lançado um modelo mais novo, me algum outro lugar, naquele exato instante. Outro dia me deparei com uma situação muito curiosa. Comprei um laptop a 2 anos e ele estava com um problema. Cheguei na assistência técnica e a primeira coisa que o funcionário falou foi: “é esse computador é muito velho, bem ultrapassado, você precisa de um novo”. Fiquei chocada, confesso.

Essa história é muito boa para pensarmos em que mundo estamos vivendo. As pessoas tem dificuldades de analisar o que precisam e o que necessitam e entender essa diferença é crucial para economizar.

necessitar x precisar 01

Quando o funcionário da loja disse que eu “precisava de um computador novo”, ele estava certo, pois para ele aquele era velho. Já para mim eu poderia viver sem o computador novo, pois o meu velho estava satisfatório. Outro exemplo:”estou de jejum faz 5 horas, eu necessito de comida” ou “não tiro férias há 6 meses, preciso de uma viagem para o exterior”.

Muitas pessoas ainda confundem necessitar e precisar com o verbo DESEJAR. Você pode não precisar nem necessitar, mas deseja alguma coisa. Parece-me que uma boa maneira de superar as tentações naturais é assumirmos compromissos com nós mesmo. Devemos sempre estabelecer metas, escrever regras e reavaliar o desempenho periodicamente. Esse exercício requer muita disciplina, mas trará boas recompensas.

Não ache que isso só acontece com você que tem uma quantia pequena de dinheiro. Nã nã ni nã não. Conheço pessoas que ganham muito dinheiro, mas não conseguem poupar. Conheço outras que ganham pouco, mas são bons poupadores. Qual a diferença deles? A capacidade de não cair nas tentações do consumo.

necessitar x precisar 02

A minha intenção não é receitar uma dieta e cortar seus maiores prazeres. A essa altura, gostaria de chamar-lhe atenção para fatos que passam despercebidos em nossa rotina. Talvez  a mudança de pequenos hábitos possa gerar importantes contribuições em sua poupança. Talvez tal mudança signifique se aposentar alguns anos mais cedo. Pense nisso… cada um tem um estilo de vida e deve saber escolher onde gastar seu suado dinheiro.

Por isso próxima vez que você for conjugar esses verbos, olhe bem o seu armário, garagem, e eletrodomésticos para não estar cometendo um grande erro de português.

Compartilhe: FacebookTwitterStumbleUponPinterestGoogle+tumblrLinkedInDiggReddit
Anna Elisa Ribeiro
Compartilhe:

Não existem comentários para este post. Seja o primeiro a postar um!

Deixe um Comentário

 

obrigatório

obrigatório